segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Você entende de política? Dilma no Poder.

Olá,
Vamos falar um pouco sobre política. Na verdade, gostaria de colocar alguns pensamentos e questionamentos sobre o assunto. Não que eu entenda muito de política. Sei muito superficialmente e justamente por isso resolvi escrever sobre o assunto.

Com base em minha própria experiência pergunto: 
o   Você entende de política? Ou pelo menos busca entender?
o   Você procura levantar/ler os projetos dos candidatos antes de votar?
o   Você busca saber do histórico de vida dos candidatos (pessoal e político)?
o   Depois de eleito seu candidato, você acompanha a execução dos projetos e das promessas desse político?
o   Você pesquisa os governos anteriores (presidência no caso) para falar com fundamento porque prefere o governo feito por Fernando Henrique ao Lula, ou ainda, Lula ao Fernando Henrique e assim por diante?
o   Você acompanha o desempenho dos partidos junto ao Congresso?
o   Participa ativamente de algum partido político ou movimento?
o   Faz algo efetivo para mudar ou contribuir com o país?






          




Ufa!!! Quantos questionamentos né? Não tenho vergonha de dizer ou será que tenho? Talvez tenha sim, vergonha de dizer que no meu caso, 99% das minhas respostas ficam com NÃO.


Por outro lado, vamos ser honestos, no Brasil, a política não inspira muito. Isto é, em meio a tantas promessas em vão, fraudes, hipocrisias, mentiras e roubalheiras desses nossos políticos, quem é que tem vontade de ser engajado politicamente nesse País? Ah isso não é desculpa? Não sei não, talvez seja.


Vejam que estou bem dividida entre sentir vergonha ou validar minha alienação política.






Uma coisa eu sei, muitas pessoas que votaram no PT, nas primeiras eleições do Lula, votaram por ter esperança de que mudando radicalmente, talvez às coisas melhorassem.



Melhoraram? Bom, existem pessoas que defendem que sim. Na época da crise econômica no exterior, pessoas renomadas (economistas e tudo), deram entrevistas dizendo que a crise praticamente não afetou o Brasil, pois o governo Lula soube administrar bem o lado financeiro do Brasil.


Só que também ouvi dizer que o Lula nada mais fez que continuar todos os projetos do Fernando Henrique. Ouvi até que por conta disso, o PT virou uma direita disfarçada de esquerda.



A oposição, no meu entendimento, é muito válida, sempre. Cadê a oposição ao governo do PT? Sempre tem que existir oposição para todos os governos, independente do partido. É sim, oposição. Idéias contrárias fomentam discussões positivas. Aliás, como dizia NELSON RODRIGUES: “Toda unanimidade é burra”. Eu acredito muito nisso. É na diferença de idéias e troca de idéias que se evolui e cresce.

Por outro lado, não posso deixar de citar também que o Fernando Henrique vendeu o Brasil minha gente e para o estrangeiro. Pelo menos é o que eu ouvi dizer. Raul Seixas foi um visionário nisso, infelizmente.


Não vou defender ninguém, muito menos vou defender José Serra ou Dilma. Também não estou aqui para malhar nenhum dos dois, pois eu não acompanho política, então não me sinto no direito de julgar algo que não conheço.


Charada ???????
Eu deveria estar feliz por ter entrado a PRIMEIRA MULHER na presidência, pois para nós mulheres, isso é um marco, um divisor de águas, mas não sei se estou. Estou apreensiva com o futuro.


Minha mãe, uma mulher de personalidade forte, idéias muitas vezes radicais, inteligente, entendida de religião, política e futebol (risos), verdade, sabe tudo, pois ela tem como hábito ler muito jornal, ver muitas notícias, se informar, disse para mim: O PT quer dar um golpe de Estado. O Lula quer perpetuar no poder, assim como na Venezuela acontece.


Ouvi isso e pensei: Affe Maria...Jesus Cristinhooo....JÉsussss...que radical, imagina, nunca. Depois fui pesquisar e não é que várias pessoas estão dizendo isso?

Bom, diante de todo esse cenário incerto, a única coisa que posso fazer é ser positiva e ter esperanças. Vou mentalizar e enviar muita energia positiva e do bem para Dilma. Afinal, quer você goste ou não, é ela que está no poder. Assim, só nos restas desejar que ela seja bem sucedida pelo bem de todos e pelo bem do País, independente das nossas convicções políticas ou pessoais.


Beijos e até a próxima.

Um pouco do governo da Venezuela, apenas a título de esclarecimento, para melhor entender o contexto:

A Venezuela é uma república federal e presidencialista governada pela Constituição de 1999. Esta constituição consagrou a existência de cinco poderes: executivo, legislativo, judiciário, cidadão e eleitoral.
O poder executivo recai sobre o Presidente da República, eleito por sufrágio universal para um mandato de seis anos, podendo ser reeleito infinitamente, depois de referendada a emenda constitucional, por voto popular. Ele é simultaneamente chefe de Estado e chefe de governo. É também o Comandante Supremo das Forças Armadas. Nomeia o Vice-Presidente da República. Hugo Chaves foi eleito em 1998 e reeleito até os dias de hoje. Na última eleição que aconteceu em 2006, foi reeleito com aproximadamente 62,9% de votos. (fonte wikipédia)

8 comentários:

  1. Olá Roberta!Sou da turma da Sandra, rs.Gostei desse post, também não acompanho política e diante de n comentários sobre um ou outro, confesso que fico meio tonta. Sobre esse negócio de o Brasil virar Venezuela, acho que se era pra ser já tinha virado né?afinal já se foram 8 anos de governo.Lembro-me da Regina Duarte falando sobre o Lula: "Eu tenho medo do que pode acontecer ao Brasil", passaram-se 8 anos, nada de terror aconteceu e ela continua muito bem de vida!A realidade é que existe sim, um enorme preconceito pelo o Lula ser nordestino, não ter uma bela formação e ter chegado onde chegou,infelizmente ninguém fala nisso. Ontem em entrevista a Dilma disse que o objetivo de governo dela é reduzir a miséria no país e o outro partido raramente enfatizava isso e isso fez a Dilma ganhar, se vai fazer ou não, não sei..torço para que sim, mas é a primeira vez em toda a história que o governo procura ajudar um pouco pessoas que tanto necessitam...não podemos negar isso. Ao invés de ficar praguejando desgraça como muito estão fazendo ao nosso país, pois seu candidato não foi o escolhido, deviamos confiar, enviar boas vibrações, pois acredito muito na força do pensamento e desejo o melhor sempre ao meu amado Brasil!Bjoss

    ResponderExcluir
  2. Solange, Tudo bem?

    ADOREIIIII SEU COMENTÁRIO. VOU FICAR MUITO FELIZ se sempre tiver comentários como o seu sobre meus textos. Continua comentando ok? A troca de idéias é que vale.

    Como você viu, eu apenas reuni informações que eu ouvi. Não defendi e nem fui contra, nenhum governo.Também concordo com você que o PT ajuda sim, os menos favorecidos.

    Quanto ao golpe de estado, coloquei no texto, pois muito se comentou e como reuni várias informações, não quis deixar essa de fora.

    Na verdade, minha postagem é mais um desabafo, pois acho que nenhum governo ainda fez o que podia mesmo.

    Também finalizo o texto sendo positiva. Concordo com você e coloco no texto isso que independente das convicções políticas e pessoais, vamos ser positivos e desejar a DILMA boa sorte.

    Obrigada Solange BEIJOSSSSSS

    ResponderExcluir
  3. Carlos Hashish (Piu)2 de novembro de 2010 20:03

    Estava pensando em ficar quieto e torcer para que tudo de bom ocorra no governo da Dilma, mas não consigo.
    Explico os motivos. Para se contratar um funcionário para ganhar R$ 900,00, a empresa deve desembolsar R$ 2.200,00 ao mês (posso provar), então R$ 1.300,00, são pro estado. Do valor do salário o rapaz ainda paga cerca de R$ 75,00 para custear a previdência. Ou seja na transação R$ 1.375,00 ficou pra dona Dilma, ou Senhor Lula administrar, como pais e boas mães devem fazer o melhor para os seus filhos.
    É isso o que ninguém consegue enxergar, não conheço ninguem que tenha comprado uma casa com ajuda do projeto minha casa minha vida ( a não ser que seja do partido), se conhecerem, por favor me apresentem.
    Do programa luz para todos não posso falar nada, pois o pessoal que mora nos lugares mais remotos não tem luz ou computador para se comunicar.
    Outra coisa que é irritante, é o povo paulista, todo o resto do país vem para cá, e o que seria orgulho para são paulo, vira motivo de cobrança. Nós não temos leitos nos hospitais por conta desta procura por qualidade, é claro o Brasil todo vem se tratar aqui, pergunte ao ACM, ao Sarney, porque não foram se tratar no Estado que dirigiram? São Paulo é sério e forte, mas ainda é desunido. Somente teremos um País sério e forte, quando São Paulo for unido, quando os estados do Brasil forem únidos e o Brasil for único, não me interessa que seja, verde, azul ou vermelho, mas que a vontade realmente apareça de uma consciência coletiva e não de apoios e aportes financeiros.
    Ainda esta longe disso acontecer, pois o que vejo na minha pouca experiência na política é que um acoberta o outro para que nós continuemos a eleger e a culpar os palhaços que ali colocamos.

    Não parei para pensar ainda no que escrevi, mas também metade da população não parou para pensar em quem votou.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  4. Estou muito feliz pelo seu caloroso comentário.

    A idéia do blog é justamente essa. Levantar questionamentos e debates.

    Meu blog é DEMOCRÁTICO (rs). Aqui todo mundo pode dar sua opinião, concordar, não concordar, mudar de opinião. Isso é rico demais, essa troca de idéias.

    De fato, tudo seria melhor se o BRASIL fosse único.

    Porém, ainda acho que o maior problema é que o povo não para e pensa em quem votar. E não acho que seja só a metade do povo. Acredito que nem 1/10 de toda população do Brasil tenha consciência política.

    Também concordo que 99% dos candidatos são uns palhaços que julga o povo, por culpa do povo, maiores palhaços ainda.

    Ah, a liberdade de expressão é garantia constitucional...rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá pamonha, ou será sua irmã que era a pamonha-mor? heheh Já que é um blog anônimo não sabia do que te chamar hehe Gostei muito, estou te acompanhando viu? Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Além de alguns não pensarem em quem votou,tiveram aqueles que nem se preocuparam em votar!!!
    Um dos maiores índices já vistos...cerca de 20% de brasileiros deixaram de participar das eleições!!!Sei que cada caso é um caso...mas que muita gente trocou as urnas por um feriadão prolongado...disso não tenho dúvidas!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Rê...saudades de você linda... Não, pamonha não...vai acabar com a minha moral com os meus leitores...rs..

    Que tal...pronto,falei? rs

    Continue comentando querida...beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Laininha linda...nossa? 20%? É muitaaa coisa. Pois é, lutaram tanto pelas diretas já e agora as pessoas não exercem seus direitos, votando...

    Beijos

    ResponderExcluir